Mensagem de Fé

A Fé e a Cura de Doenças

Estudos comprovam que pacientes com a área espiritual fortalecida têm mais chances de ser bem-sucedidos em tratamentos médicos. Confira os depoimentos de quem constatou o que as pesquisas mostram.

Não se surpreenda se em uma consulta o médico lhe perguntar quantas vezes você vai à Igreja e como é seu relacionamento com Deus. Isso porque a ciência tem comprovado que uma pessoa que exercita a sua Fé tem mais chances de ser curada de doenças.

Um dos estudos mais recentes a esse respeito é da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), instituição que é referência na medicina brasileira. A entidade confirmou que a espiritualidade do paciente tem muito mais relevância na eficácia dos tratamentos do que muitos imaginam e recomenda que o profissional de saúde se informe sobre a vida espiritual de quem ele atende para ajudar em sua recuperação.

Esse estudo brasileiro engloba outras 368 pesquisas internacionais recentes sobre o assunto, entre elas uma da Universidade de Harvard, dos Estados Unidos. Feita com cristãos, ela comprovou que frequentar as reuniões na Igreja pelo menos uma vez por semana pode diminuir a mortalidade de 20% a 30% dos pacientes em um período de até 15 anos.

Com base nisso e em outros estudos, nove em cada dez universidades
norte-americanas incluíram disciplinas que estudam a relação entre espiritualidade e saúde – uma reviravolta e tanto no meio científico.

Um dos principais pontos que influenciam a cura, segundo o documento da Socesp, é o modo que o paciente que tem Fé vê a vida. Ele crê realmente na cura, o que causa a liberação de hormônios como a dopamina e a endorfina, que proporcionam a ele sensações de prazer e bem-estar, levando-o a aderir aos tratamentos de forma mais ativa.
Já os pensamentos pessimistas, segundo o estudo, estimulam a liberação dos hormônios cortisol e adrenalina, que aumentam a atividade inflamatória e prejudicam a recuperação.

A Bíblia questiona em Provérbios 18.14: “O espírito do homem susterá a sua enfermidade, mas ao espírito abatido, quem o suportará?” Ou seja, como alguém fraco espiritualmente consegue enfrentar as doenças? Dessa forma, diante de um problema de saúde, é preciso fazer o que as Escrituras Sagradas descrevem: “Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos.” (2 Coríntios 13.5). 

Fonte: IURD

Compartilhe essa mensagem!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email